Pesquisar este blog

sábado, 14 de abril de 2012

Rotten Records Brasil - catálogos e memória



A primeira gravadora independente no Brasil, dedicada ao Oi!, deixou saudades quando fechou suas portas. Fundada pelo poeta, fanzineiro e ensaísta Glauco Mattoso e Português, ex-baterista da Garotos Podres, este selo lançou as clássicas compilações como a série "Oi! - Um Grito de União", em três volumes, contendo bandas veteranas como Vírus 27, Histeria, Bandeira de Combate, Garotos Podres, e mais novas, como The Skulls e Contra-Ataque. E distribuíam CDs originais de bandas estrangeiras, como Keltoi!, Retaliator e Battlecry. Não apenas sons, a gravadora relançara livros como "Espírito de 69 - A Bíblia do Skinhead", da autoria de George Marshall, traduzido por Mattoso, como uma das melhores fontes de informação para o público skinhead brasileiro. Um marco na cena independente de nosso país! Abaixo das capas, disponibilizamos a compilação "Melopéia", onde diversos artistas e bandas musicaram poemas de Mattoso, cada qual em seu estilo. Temos o 365, Billy Brothers e até Humberto Gessinger, dos Engenheiros do Hawai, contribuindo com suas criatividades sonoras, para as escatologias mattosianas!

2 comentários:

  1. Parabéns pelo Blog, esta ótimO. Vida Longa.

    ResponderExcluir
  2. Nossa equipe agradece! Mas procure adquirir a cópia do fanzine Vontade & Luta! Abraço!

    ResponderExcluir